Notícias

Como atrair investimentos para a sua startup

Cada vez mais empreendedores se perguntam como aproveitar a onda de investimentos em startups para atrair capital. Em 2021, os aportes somaram US$ 621 bilhões, segundo dados globais da CB Insights.

O que investidores buscam em uma startup?

Inicialmente, é importante entender quais são as expectativas dos investidores em relação às startups. Segundo Júlia De Luca, gerente de tecnologia do Itaú BBA, existem três aspectos principais que são levados em consideração durante o processo seletivo.

O primeiro deles é a equipe que compõe a startup. A equipe se torna especialmente relevante quando a empresa ainda está no início do seu ciclo, pois é justamente na capacidade dessas pessoas que os investidores apostam.

De maneira geral, uma boa equipe é composta por indivíduos com habilidades complementares, que possuem experiências relevantes e aderem à visão da companhia. É recomendável que a startup conte com mais de um fundador, pois uma pessoa dificilmente conseguirá impulsionar o crescimento de uma startup sozinha.

"Está mais do que comprovado que, quando você tem um bom time de fundadores, eles acabam atraindo pessoas boas", comenta De Luca. "Tem até aquele ditado: é mais fácil dar certo uma ideia ruim com pessoas boas, do que uma ideia boa com pessoas ruins".

O segundo aspecto é o mercado alvo, que se refere ao mercado que a startup considera aproveitável ou disponível para consumir o seu produto ou serviço. Nesse sentido, é importante diferenciá-lo do tamanho da oportunidade, que se refere ao mercado total que, hipoteticamente, poderia ser atendido pela empresa - que não leva em conta limitações geográficas ou a concorrência, por exemplo.

"O fundo de investimentos sempre quer que a empresa fique gigante e gere bilhões", diz a especialista. "Então não adianta você ter uma excelente ideia e ela focar um nicho muito pequeno."

O terceiro aspecto é o próprio produto, que deve atender às demandas do mercado alvo. Por isso, é necessário estar atento ao conceito de "product-market fit", que avalia essa adequação e é o principal indicativo de que existem pessoas dispostas a pagar pela ideia.

Amure Pinho, investidor e ex-presidente da Abstartups (Associação Brasileira de Startups), porém, lembra que os requisitos podem variar de acordo com o investimento escolhido: "Investidores-anjo, por exemplo, costumam buscar startups que já estão em crescimento com ritmo acelerado e recorrente, acima de dois dígitos mensais nos últimos seis meses."

Como preparar sua startup para receber investimentos?

Uma vez resolvidas as questões que envolvem produto, mercado alvo e equipe, existem outros detalhes que podem influenciar o interesse de investidores em uma startup. Esse é o caso, por exemplo, do pitch - ou seja, do discurso utilizado pelo empreendedor para vender a sua ideia.

No pitch, é necessário comunicar de forma sucinta qual é a tese do produto, abordar qual problema ele se propõe a resolver e de que maneira pretende fazer isso. Ele funciona como um convite ao investidor para conhecer mais sobre a empresa, e geralmente é o primeiro passo em direção a uma parceria.

Segundo De Luca, porém, é comum que ocorram alguns erros nessa etapa. "Quantas ideias nós vemos que são muito boas, mas o empreendedor demora quarenta minutos para chegar ao ponto? Às vezes ele está tão imerso no produto que trata aquilo como óbvio, e não explica o suficiente"

Aprender a fazer um bom pitch pode ser útil não apenas para atrair investidores, mas também para conquistar clientes, cativar colaboradores e aperfeiçoar o próprio objetivo da startup.

Também é necessário demonstrar ao investidor que existe um olhar estratégico e que os recursos captados serão utilizados para objetivos específicos. "Lembre-se de apresentar as metas do negócio e as projeções de crescimento a curto, médio e longo prazo", complementa Paulo Buso, head de marketing da Abstartups.

Aspectos legais devem estar no radar dos empreendedores durante essa fase, sendo recomendável contar com os serviços de um advogado para elaborar um contrato social, entender os termos e condições colocados pelos investidores, e garantir o cumprimento da legislação e dos termos contratuais.

O ambiente regulatório para startups no Brasil ainda é incipiente, e passa por mudanças constantes. Ainda assim, já é possível encontrar escritórios de advocacia especializados nesse setor, e contratar serviços desse tipo permite que a empresa evite multas e outras punições que possam comprometer financeiramente a sua atuação.

Que tipo de investimento escolher?

Existem diversos tipos de investimentos para startups. As aceleradoras, por exemplo, são empresas lideradas por empreendedores ou investidores experientes que buscam auxiliar no crescimento de startups através de apoio financeiro, mentoria e networking, e exigem participação no capital da empresa.

Já as incubadoras oferecem auxílios semelhantes, mas escolhem startups de acordo com alguma necessidade governamental ou regional, e os investimentos ocorrem através de editais de verbas públicas. As incubadoras são mais burocráticas e são lideradas por gestores com experiência em mediar o poder público, por exemplo.

O venture capital, por sua vez, ocorre através da aquisição de ações ou de direitos de participação por meio de um grupo de investidores, que passam a fazer parte do quadro societário da empresa. Já o investidor-anjo é um pessoa física que injeta capital próprio em uma empresa, também em troca de uma participação no negócio.

Outras modalidades incluem private equity, capital semente e venture building.

Segundo De Luca, para escolher o melhor tipo de investimento, é preciso olhar para o valor agregado que ele traz. Existe o caso, por exemplo, dos investidores que já foram operadores de uma startup, e que podem ajudar o empreendedor no dia-a-dia. Ou, então, há os fundos globais que, além de trazerem o financiamento, também garantem renome à empresa.

"Também pode ser um anjo que seja um alto executivo de uma empresa que poderá se tornar minha cliente no futuro", explica.

A principal forma de se expor a esses diferentes investidores é através do networking - seja participando de eventos ou sendo ativo nas redes sociais, por exemplo. O networking também é importante para alavancar o produto da startup e atrair novos clientes, especialmente no início da empresa, quando não há muito dinheiro disponível para marketing.

Buso acrescenta que, mesmo após a captação, é necessário cultivar uma relação saudável com o investidor. "Isso cria possibilidades de novas captações, ou de mudanças no modo de utilização do recurso acordado ou até mesmo no próprio montante", afirma.

Os especialistas argumentam que, apesar do aumento da taxa básica de juros e do período eleitoral, o mercado de startups deve continuar a crescer no Brasil em 2022. Por conta do cenário macroeconômico contracionista, porém, os investidores devem ser mais seletivos e criteriosos.

"Vivemos sem dúvidas o melhor momento do ecossistema de startups brasileiro. Ambiente mais maduro, grandes empresas e entidades de fomento mais preparadas e próximas aos empreendedores, e capital chegando na ponta, equação que em geral tende a trazer bons resultados", afirma Pinho.


Leia mais em:
https://forbes.com.br/forbes-money/2022/02/como-atrair-investimentos-para-a-sua-startup/

Todas as Notícias

Seja Expositor

Preencha o Formulário

Conheça todas as opções de Estandes, Marketing, Merchandising, Mídia Kit e mais..

Patrocinadores 2024
Grupo Ferreira Souza
Cab Motors
Videomedi
Cab Credit
Mister Wiz
Expositores 2024
Bamboo Confecções
Batata Brindes
BBQ MEAT
Be Hive
beautyin
Belém Saúde
Bem Dito
Big John Burger
Booleria
Cab Credit
Cab Motors
Cabedal
Cartonagem CWB
China Link Trading
Cielo
CityMart
Clínica Arcangeli
Consulto
Cora
DigAÍ
Dr. Jack
EcomSmart
Edutalent
Em Casa com o Chef
EmpreendaCast
Empreendedor.TV
Emprego Simples
Expo Center Norte
Fato Contábil
Fininport
Greenpeace
Grupo Arcangeli
Grupo Ferreira Souza
Grupo Uriah
Hug
iMalaDireta
Loovi
Mac Immigration Canada
Mega Robô de Led
MegaZap Business
Mister Wiz
Moov Eventos
OGGI
Paiva Ribeiro
Picolli Premier
PLX Digital
Projetando Eventos
Rede Brasil de Televisão
Rei da Cabine
Rei do Brigadeiro
Seguro Prático
Shark Tank Brasil
Snapfi
Sony Channel
SOVC
Tejota Cast
TELEO
Thiane Café
Vera Motors
Videalize
Videomedi
VIVA FÁCIL
WAKU WAKU
WM Contabilidade
Expositores 2023
ABC CRED
Ademicon
Agência Mon
Agência NextWeb
Albas Balas De Coco
Amollis
AQBank
AQContábil
Audicoplan Assessoria Empresarial
Ayane Cota
Bachrelli Projetos e Treinamentos
Bamboo Confecções
Basecolor
Batata Brindes
BBQ MEAT
Be You Business Education
beautyin
BECV Contábil
Bem Dito
Benditta Hora
Best Churros
Beta Montanhismo
BLESSA
Bluedot Marketing Digital
Booleria
Bot Company
Brasil Connecting
Brazil Cosmetics
Bric à Brac
BRM3 Consultoria
Bruter Brasil
Cabedal
Cachaça The Malake
Cannabwine
CAÔ Serviços Especializados
Capitu Bolsas
Carrefour Property
Cartonagem CWB
Catherine Bloom
Cerveja do Jessé
Cherry Mint
China Link Trading
China Venture
Chocolates Vitoio
Chopeiras Prime
CityMart
Clínica Arcangeli
Cognitive
Collar Capital
Comunicação Express
Conect Max
Conectar Marketing
Consulto
Cor de Amora
Cora
daki
Davinci
Delta Investiment Banking
Delta Investor
Diagrama Investimentos
Diego Paz Design
Dilubiju
Dona DÔs Doces
doTERRA
Dr. Brother Franchising
Dr. Jack
Dropify
Edix Seguros
Efí
Electra
Elite Empreendedorismo
Em Casa com o Chef
Empório Delícias da Ci
EmpreendaCast
Empreendedor.TV
Emprego Simples
ESPM Jr
Estúdios Voz
Expo Center Norte
Farol Food Truck
Ferras Diamante Imperial
Fininport
Fisio Terapi
GoTo
Greenpeace
Grupo Arcangeli
Grupo Cardoso Brasil
Grupo Criarq
Grupo Ferreira Souza
Grupo RZK
Grupo Souza Brasil
Grupo Uriah
Helena
Helô Doces
HiEz
Hope Produções
Hotel Jabaquara
Hug
iMalaDireta
Infinity Brindes
Insight Academy
iORDER
IP Force
Kitto Creative
Klaus Tecnologia
La Casa
Leide Gourmet
Leopards Tecnologia
LETZGO
LiciStar
Livraria e Editora Andreoli
Livraria Insight
Livraria Scritto Nobeli
Loovi
Lu Estética de Resultados
Lufema
Lune Assessoria Contábil
Mac Immigration Canada
Maloca Games
Master Coach Valdir Junior
MDF Technology
Meester / GoTo
Mega Robô de Led
MegaZap Business
Menna Barreto Centro Educacional
Mister Wiz
Modal Marcas e Patentes
Monedd
Mony CashBack
Moov Eventos
MOSHE 3000
My Nexus
Nanica
Nest Business University
Nimble Evolution
NoRapido
Nova Nobel System
Nunesc Digital
OGGI
Operadora Legal
Orcoma Contabilidade
Paiva Ribeiro
Permanence
Picolli Premier
Pizza Roots
PLX Digital
Polozi
Pompoar App
PostCash
Pronex
Quero Mais
Quilombo Doces
Quiterias Delicias da Vovó
Recanto das Araucárias
Rede Brasil de Televisão
Rei da Cabine
Rei do Brigadeiro
Rei do Transfer
Reinvent Consultoria & RH
Remate
RGS Contabilidade
Saboaria Sálvia
SAE+C
Salcio Branding
Santa Thereza Design
Secretária Virtual
Seguro Prático
Sellenger
Semear Contabilidade
Shark Tank Brasil
Sinapse Finance
Skwid
Solides Tecnologia
Sony Channel
SOVC
Starmeta
Sublinks
Swile
Synapsis Consultoria de Resultados
Tekiio
TELEO
Terapimax
Thianes Café
Tô Nem Aí
Total Coding
TRC Global Finance
Uni Varejo De Moda
Universidade São Judas Tadeu - Ânima Educação
VART
Vera Motors
Videalize
Videomedi
Visão Total
VIVA FÁCIL
VRO
Wine Move
X Craft Beer
Zoho
ZW Ccontabilidade
ZWORK - Gestão financeira completa
Media Partners
Sympla
Feiras e Negócios
Exame
ISTOÉ Dinheiro
Folha de São Paulo
Portal Radar
Fornecedores oficiais
Expo Center Norte - Pavilhão de Eventos
Gráfica Paulista - Gráfica
iMalaDireta - Plataforma de Marketing
Projetando Eventos - Estandes
Seguro Prático - Corretora de Seguros
Videalize - Produtora
Nós apoiamos
Graac - Tratamento para o câncer infantojuvenil
Greenpeace - Proteção ao meio ambiente
Instituto Ayrton Senna - Educação e Formação
Instituto Center Norte - Inovação social
Médicos sem Fronteiras - Saúde e ajuda humanitária
WhatsApp
Realização: exhibition.com.br
CNPJ: 11.442.325/0001-40