Notícias

20/02/2020

FEIRA DE EMPREENDEDORISMO 2020
FEIRA DE NEGÓCIOS
VOCÊ CRIANDO NOVAS OPORTUNIDADES E MELHORANDO OS RESULTADOS DO SEU NEGÓCIO

NETWORKING
A Expo Empreendedor gera conexões e networking orgânico de impacto.

CONGRESSO TOP SPEAKERS 2020
2 DIAS DE PALESTRAS SOBRE INOVAÇÃO, GESTÃO, MARKETING, VENDAS, E-COMMERCE, VAREJO...

https://expoempreendedor.com.br/

#minds #mindscombr #mindspropaganda
#mindsleads #mindspromoção #mindsdigital
#minds360 #promocional #digital #feiras #mailing 


20/02/2020

O EVENTO DE NEGÓCIOS QUE MAIS CRESCE NO BRASIL!
A Expo Empreendedor é uma vitrine de oportunidades e negócios para investidores, empreendedores, empresários e pessoas interessadas em abrir ou expandir seu próprio negócio.

Conheça opções de investimentos altamente lucrativos e vivencie experiências que vão mudar sua forma de ver e fazer negócios.

https://expoempreendedor.com.br/

#minds #mindscombr #mindspropaganda
#mindsleads #mindspromoção #mindsdigital
#minds360 #promocional #digital #feiras #mailing 


08/02/2020

VOCê MELHORANDO OS RESULTADOS DO SEU NEGóCIO.

06/02/2020

O EVENTO DE NEGÓCIOS QUE MAIS CRESCE NO BRASIL!
VOCÊ CRIANDO NOVAS OPORTUNIDADES E MELHORANDO OS RESULTADOS DO SEU NEGÓCIO.

Seja um empreendedor bem-sucedido. Garanta já sua participação!!!!


05/12/2019

SAIU NA MíDIA



Portal Profit Rise
http://profitrise.com.br/neste-sabado-expo-empreendedor-em-sao-paulo/





Portal SobreCartão.com
https://sobrecartao.com/expo-empreendedor-proximo-mes-em-sao-paulo/




Programa Feiras e Negócios
http://feirasenegocios.com.br/evento/expo-empreendedor/

22/10/2019

PATRICK SANTOS
O executivo de comunicação Patrick Santos, que comandava uma das redações mais movimentadas do país, a da Rádio Jovem Pan, em São Paulo, se impôs o desafio.

Queria entender melhor esse novo mundo que se descortina numa velocidade espantosa.

É para poucos. E corajosos.
A experiência transformadora, já no segundo mês, o estimulou a anotar tudo.

O resultado é “45 do Primeiro Tempo”, seu primeiro livro, um relato de seu sabático que chega às livrarias, pela editora Literare Books.

22/10/2019

MARCO TULIO REIS
O Empresário, Narrador, Apresentador e Jornalista, Marco Túlio Reis vai palestrar sobre projetos notáveis, impactantes e influentes nos últimos 50 anos:

“ A Gestão e o Marketing contribuem de forma decisiva para transformar ideias em realidade, principalmente em um cenário corporativo de tecnologia, infraestrutura e entretenimento. A excelência na execução de um projeto é fundamental para enfrentar desafios e aproveitar as oportunidades."

As experiências marcantes e habilidades no desenvolvimento da sua carreira nos canais ESPN (Disney), TNT (Time Warner) e Rádio das Nações Unidas estarão em pauta, assim como os conceitos primorosos de TV aberta e por assinatura.

Marco Túlio Reis com seu estilo inovador, impactante e positivo de fazer comunicação, conquistou índices expressivos e liderança de audiência, em suas transmissões no Brasil e Exterior.

16/10/2019

THOMAZ RAFAEL
Thomaz Rafael é jornalista esportivo, formado pela Faculdade Cásper Líbero. É apresentador titular do Papo de Craque, principal programa esportivo da Rede Transamérica e ganhador do Troféu APCA, há 12 anos. Está na emissora desde janeiro de 2001 e já apresentou mais de sete mil (7000) edições de programas esportivos e jornalísticos na casa. No rádio, também já trabalhou na Rádio Bandeirantes e na Band FM. Cobriu cinco Copas do Mundo, uma Olimpíada, uma Copa América e diversos Mundiais de Fórmula 1.

Na TV, foi apresentador do programa Arena SBT e comentarista de jogos do Campeonato Inglês na Rede TV. Participou como convidado de diversos programas dos canais Sportv, Fox Sports e Band. Trabalha há dois anos no Band Sports, atuando como comentarista nos programas Band Sports News e Depois do Jogo.

É autor do livro “Meu Jogo Inesquecível” e escreveu textos para outros livros de futebol, além de matérias de esportes, cinema e música para as revistas Sexy, Leia & Ouça (Band FM), Revista Transamérica e SUCESSO!. Foi correspondente brasileiro da revista argentina Prensario e da espanhola Clave, ambas especializadas no mercado musical. Também foi colunista esportivo da Folha de Alphaville e editor do site esportivo Intergol. É editor há mais de oito anos do Portal SUCESSO!, também especializado em música.

25/09/2019

CONSUMO DOS TORCEDORES DE FUTEBOL NO BRASIL- 2ª EDIçãO
A Sports Value acaba de finalizar seu mais novo estudo, a 2ª edição de sua análise sobre o consumo dos torcedores brasileiros. A análise mostra que os clubes brasileiros geram valores muito baixos diretamente com o torcedor, as receitas B2C.
Em 2018 os brasileiros gastaram R$ 67,7 bilhões com entretenimento, sendo que apenas R$ 1,1 bilhão diretamente com os clubes de futebol. Irrisórios 1,6% do total.
Um fator fundamental para isso é alto índice de brasileiros sem interesse por futebol, 42% o maior da história.  Outro aspecto é o grande número de jovens que torcem para times europeus.
https://www.sportsvalue.com.br/estudos/consumo-dos-torcedores-de-futebol-no-brasil-2a-edicao/

15/08/2019

DICAS DE FÁBIO PORCHAT PARA QUEM QUER EMPREENDER
Fonte:
Revista PEGN


AS DICAS DE FÁBIO PORCHAT PARA QUEM QUER EMPREENDER NA INTERNET
Para o humorista e fundador do Porta dos Fundos, produções devem ser originais e não focar só em resultados

Humorista, roteirista, produtor, diretor, dublador e apresentador. As funções são muitas, mas a figura é uma: Fábio Porchat, um dos fundadores da produtora de vídeos Porta dos Fundos. Por trás dos roteiros e à frente das câmeras, sua trajetória no canal também guarda um outro aspecto: o de um empreendedor, que se arriscou na internet em 2012 e construiu, junto a quatro amigos, um canal com 16 milhões de seguidores.

No começo, o principal desafio foi o mesmo de muitos: trazer espectadores para os conteúdos. Depois, com um sucesso rápido, a necessidade de profissionalizar o trabalho se tornou mais latente.

"No fundo, aquela era uma empresa familiar. Éramos cinco amigos que são criativos e sabem criar coisas, mas que não sabem vender", diz Porchat em entrevista à PEGN.

Em 2015, a produtora Tereza Gonzalez assumiu como CEO do Porta dos Fundos. Dois anos mais tarde, Portchat e os sócios, Gregório Duvivier, João Vicente de Castro, Antonio Tabet e Ian SBF, venderam o canal para a empresa de mídia Viacom.

"A gente já tinha batido num teto e não tinha mais para onde crescer. Se ninguém organizasse aquela bagunça, a gente ia começar a cair", diz ele. A operação trouxe dinheiro, metas para cumprir e mais conhecimento em negócios para dentro da empresa.

Veio, também, a necessidade de aprovar as produções criativas com quem não é dessa área. "Mas temos liberdade total de criação, e só fechamos com eles por nos deixarem ter esse comando criativo".

Hoje, a principal fonte de receita para o canal são as produções patrocinadas. Nelas, os roteiros fazem menção a marcas e empresas, mas não deixam de lado as piadas e a identidade dos vídeos.

Para os sócios, esse é o principal motivo para o sucesso dos vídeos. Este ano, muitos deles chegaram a ultrapassar a média de visualização dos conteúdos independentes do canal. O Porta dos Fundos tem hoje mil vídeos produzidos e 5 bilhões de visualizações, além de ter lançado um canal no México.

Ter originalidade e uma motivação genuína para trabalhar com as produções também é importante, segundo Portchat. O humorista afirma que o público sabe diferenciar quem cria algo por gosto de quem pensa apenas no lucro.

"Não tente copiar nada nem fazer alguma coisa só porque acha que vai dar certo. Faça aquilo que você quer fazer de verdade e que você sabe fazer", recomenda. A dica, é claro, implica em priorizar alguns aspectos e abrir mão de outros.

"Se a sua vontade é fazer poesia, faça um canal de poesia. Você provavelmente não vai ter tantos views quanto um canal de maquiagem, mas não importa. Se você tiver o seu público fixo e falar com aquela galera, é ela que vai te acompanhar para sempre", diz.

Ter esse propósito, segundo ele, também ajuda a lidar com as demandas do negócio – especialmente com o sucesso. Se começar o canal não foi fácil, conciliar seu número crescente de projetos não é nada menos desafiador.

Como um "desafogo artístico", ele e os demais sócios têm se esforçado para manter sempre um espaço livre para outros projetos fora da produtora. Na próxima semana, por exemplo, o humorista estreia o programa “Que história é essa, Porchat?”, no GNT.

"É super difícil conciliar. Mas é lógico que quando você faz o que gosta, isso facilita muito a vida. Isso é o que eu mais amo fazer, então, no fundo, acaba sendo fácil estar sobrecarregado de coisas boas".

15/08/2019

EMPREENDEDORISMO é ALTERNATIVA PARA CASAIS QUE DESEJAM SE CASAR SEM DíVIDAS
Fonte:
Revista Exame


Empreendedorismo é alternativa para casais que desejam se casar sem dívidas

Dados do IBGE apontam para uma queda 2,3% no número de casamentos em 2017, os quais têm ocorrido entre uma parcela da população mais madura – agora as mulheres se casam por volta dos 28 anos e os homens aos 30. Entre os motivos que tem levado os casais a adiar a celebração da união, está o gasto que o casamento pode acarretar. Uma pesquisa coordenada pela empresa Zankyou entrevistou 30 assessorias especializadas em casamento e concluiu que os brasileiros gastam em média 40 mil reais no grande dia, valor que nem sempre é conquistado somente com a renda do casal.

Em tempos de crise financeira, produzir algo para vender entre os colegas tem ajudado muitas famílias, principalmente quando um casamento precisa ser planejado, e cada vez mais pessoas tem aderido a essa forma de complementar a renda.  De acordo com a pesquisa GEM (Global Entrepreneurship Monitor), referência no estudo de empreendedorismo global, em 2007, o Brasil contava com 14,6 milhões de empreendedores, já em 2017 o número mais que triplicou, chegando a 49,3 milhões.

Jackeline Braga, líder da categoria de casamentos no e-commerce Elo7, afirma que muitas pessoas criam lojas no site para vender suas produções e complementar a renda. “Dentro do Elo7, diversos microempreendedores aproveitam suas habilidades criativas, seja por meio do artesanato ou design, e vendem produtos personalizados. O casamento é um dos setores de maior sucesso, já participamos de várias uniões, seja como plataforma para complementar a renda, ou como fornecedores de acessórios, convites ou decorações de casamentos personalizados”, diz Braga.

Fabiane conheceu Fábio em 2018, “foi amor à primeira vista! Ele me pediu em casamento no dia 31 de dezembro, à meia noite, foi inesquecível! Em meio aos fogos de artifício eu estava sendo pedida em casamento”, relembra a noiva, a qual encontrou no Elo7 a possibilidade de ganhar um dinheiro extra para os preparativos da festa. “Eu já tinha a loja no site, mas por problemas pessoais, incluindo a morte da minha mãe, deixei de lado. Agora estou voltando para ajudar na renda e realizar nosso sonho de casar”.

Além dos sites especializados em vendas, as redes sociais também tem conquistado diversos microempreendedores, já que seu caráter visual e forte presença no cotidiano das pessoas permitem que os produtos sejam apresentados de forma cada vez mais orgânica. “O sucesso da venda se dá por diversos fatores, mas para conquistar seus clientes é preciso investir na produção de fotos de qualidade, atrativas. Manter um diálogo descontraído com o cliente, sem deixar de fornecer informações claras, é fundamental. Unindo o visual e boa comunicação, as chances de se obter sucesso com o negócio são maiores”, frisa Braga.

15/08/2019

OS 10 NEGóCIOS MAIS PROCURADOS POR EMPREENDEDORES
Fonte:
Revista Exame


Os 10 negócios mais procurados por empreendedores e seus clientes
Plataforma de busca de empresas e profissionais liberais elencou as categorias de PMEs mais buscadas em 2018

Se você está procurando em qual tipo de negócio apostar ao abrir sua própria empresa, há boas chances de você cair em uma página sobre “marmitarias”. As empresas de marmitex foram as PMEs mais buscadas na internet ao longo do último ano, de acordo com um estudo da plataforma de busca de empresas e profissionais liberais Lista Mais.

O levantamento teve base 230 mil consultas realizadas entre fevereiro de 2018 e de 2019, elencando os setores de pequenas e médias empresas mais buscados. Elas podem ter sido feitas tanto por futuros empreendedores, que buscam abrir o melhor negócio para seu perfil e em taxas de rentabilidade, quanto por consumidores em busca de produtos e serviços.

Segundo o estudo Global Entrepreneurship Monitor (GEM), o Brasil tem 52 milhões de pessoas com negócio próprio, ou 38% dos brasileiros entre 18 e 64 anos de idade.

Apenas as “marmitarias” receberam 30.284 pesquisas, ou 7,9% do total. As farmácias e drogarias conquistaram a segunda colocação no levantamento, com 27.009 pesquisas (7,1%), e foram seguidas de perto pelas empresas de massagens, com 25.425 buscas (6,6%).

31/05/2019

SPORTS VALUE
Nova análise da Sports Value mostra o crescimento das receitas dos clubes brasileiros com transferências de atletas. Nunca faturamos tanto!  São Paulo FC foi o clube que mais gerou receitas com transferências nos últimos 16 anos, mais de R$ 1 bilhão gerado entre 2003 e 2018.  Em 2018 os jogadores brasileiros foram os que mais produziram receitas de transferências para seus clubes no mundo.

https://www.sportsvalue.com.br/transferencias-de-jogadores-batem-recorde-em-2018/

29/03/2019

BRASIL BATE RECORDE, COM 2,5 MILHõES DE NOVAS EMPRESAS FORMALIZADAS EM 2018
Brasil bate recorde, com 2,5 milhões de novas empresas formalizadas em 2018

O Brasil encerrou o ano de 2018 com cerca de 2,5 milhões de novas empresas formalizadas, o maior já atingido desde que a pesquisa começou a ser feita, em 2010. A alta foi de 15,1% se comparado a 2017. MEIs (microempreendedores individuais) representam 81,4% do total de crescimento de 19,1% ante 2017. Os serviços de alimentação se destacam entre os novos negócios (8,2%).


De acordo com a Serasa Experian, a fraca recuperação da economia e o reflexo negativo na reversão da taxa de desemprego e na retomada da criação de novas vagas com carteira assinada levaram muitas pessoas a buscar um negócio próprio como alternativa para gerar renda. Em 2018, foram 2.534.785 de novas empresas formalizadas, sendo: 2.064.430 MEIs (81,4%) 189.076 Sociedades Limitadas (7,5%) 138.734 Empresas Individuais (5,5%) 142.545 empreendimentos de outras naturezas jurídicas (5,6%) 10 setores que mais de destacaram: Alimentação: 8,2% Higiene e Embelezamento Pessoal: 7,5% Reparos e Manutenções de Prédios...

26/02/2019

EMPREENDEDORISMO EM CRESCIMENTO
Fonte:
Agência Brasil Brasília


Brasil teve 2º melhor desempenho em empreendedorismo em 2018

Cerca de 52 milhões de brasileiros em idade produtiva estavam envolvidos com alguma atividade empreendedora no ano passado. É o que mostra a pesquisa GEM (Global Entrepreneurship Monitor), realizada em 49 países e que, no Brasil, contou com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Esse foi o segundo melhor desempenho para a taxa de empreendedorismo brasileira desde 2002, quando o índice começou a ser medido.

Em 2018, 2 em cada 5 brasileiros entre 18 e 64 anos estavam à frente de uma atividade empresarial ou tinham planos de ter um negócio. A pesquisa mostra que a taxa total de empreendedorismo, que reúne novos empreendedores e donos de negócios já estabelecidos, chegou a 38%.

Segundo o Sebrae, nesse contexto, uma das informações mais importantes reveladas pela pesquisa é que o empreendedorismo por oportunidade, verificado quando os empresários abrem negócio motivados pela identificação de uma oportunidade de mercado, registrou o melhor resultado dos últimos quatro anos (61,8%).

Novos empreendedores

A pesquisa também revelou um crescimento do público jovem (18 a 24 anos) entre os novos empreendedores. De 2017 para 2018, a participação dessa faixa etária subiu de 18,9% para 22,2% do total de empreendedores que iniciavam uma atividade empresarial, com negócios (formais ou informais) de até 3,5 anos.

A taxa de empreendedorismo inicial (da sigla em inglês TEA) começa a decair a partir dos 45 anos, chegando a 9,7% na faixa dos 55 a 64 anos. Entretanto, mesmo com uma taxa menor, a pesquisa GEM revela que o contingente de pessoas com mais de 55 anos iniciando um negócio é de quase 2 milhões de empreendedores.

Negócios mais estáveis

Em relação às taxas de empreendedores iniciais e estabelecidos, a pesquisa GEM indicou que a TEE (estabelecidos) com 20,2%, superou a TEA (iniciais) em pouco mais de 2 pontos percentuais. Com isso, é possível avaliar que 2018 foi um ano em que, majoritariamente, os empreendedores atuaram de forma a consolidar os negócios criados em períodos anteriores, ou seja, um certo contingente de empreendedores iniciais tornou-se estabelecido, informou o Sebrae.

Expositores Expo

Consulto
CityMart
Empreendedor TV
Emprego Simples
DJ Contabilidade
MTR Quality
Editora 3
Sports Value
Editora Ponte
Café Caramello
High Performance Coaches
Rádio Empreender
Circuito das Feiras

Fornecedores

iMalaDireta
TG Stands
Printi

Apoio

Destino SP
Visite SP São Paulo
Cidade de São Paulo

Mídia

Sympla
Eventbrite
App Ticket
Vamo App
Ingresso Live
Lets Events
Meu Ingresso
Tudo Ingreesso
Doity
Go Free Eventos
Central dos Eventos
Outgo
e-inscricao
POrtal Sua Franquia
Pense Grande - Fundação Telefonica
Portal Quem Fornece
Rede Brasil TV
Rádio Transamerica
ISTOÉ
ISTOÉ Dinheiro
Record TV
Circuito das Feiras
  • Central / WhatsApp
    (11) 4172.5266
    (11) 9.7799.7208 | 9.8537.1007
  • Email
    contato@minds.com.br
    CNPJ: 11.442.325/0001-40

A MINDS É UM GRUPO DE MÍDIA E PUBLICIDADE, DESDE 1997 CRIA E DESENVOLVE MEIOS DE COMUNICAÇÃO E NEGÓCIOS INOVADORES