Blog e Notícias

Excesso de burocracia coíbe o crescimento do País
Impor uma série de obstáculos disfarçados de regras e obrigações à atividade empreendedora tem um custo alto: uma economia menos produtiva e menos competitiva. A consequência desse excesso de burocracia não é outro senão coibir o crescimento do próprio País.

Para reverter esse cenário, empresários e acadêmicos ouvidos pelo UM BRASIL, uma realização da FecomercioSP, ainda que divirjam sobre por onde começar, não hesitam em afirmar que fazer o País trilhar o caminho da desburocratização é indispensável para estimular novos e prósperos negócios.

Entre os entraves ao empreendedorismo, destacam-se as exigências de alvarás e licenças, além do complexo sistema tributário. “O Estado brasileiro está onde não deveria e não está onde deveria. Não precisa se envolver em atividades empresariais e não deve subsidiar grupos privados e proteger a economia”, pontua o economista, filósofo e escritor Eduardo Giannetti.

A criação de um ambiente mais favorável aos negócios requer que o Estado reduza a participação na economia, o que não significa se abster de mediar as relações entre os agentes econômicos e a sociedade.

“Eu advogo [por] um Estado forte, um Estado que possa regular as ações entre os diversos entes econômicos e sociais, preservando o equilíbrio de forças entre os diversos elementos. Mas um Estado que essencialmente estimule e crie as condições para que o empreendedorismo prospere”, pondera um dos fundadores e integrante do Conselho de Administração da Natura, Guilherme Leal.

De acordo com o ex-presidente do Banco Central e sócio-fundador da Rio Bravo Investimentos, Gustavo Franco, ampliar as possibilidades de empreender é fundamental em um momento no qual a economia já cansou de dar sinais de que não será impulsionada exclusivamente pelo setor público. “Cada vez mais o crescimento vai depender do gasto do setor privado”, frisa.

Também fazem considerações sobre a importância da agenda de desburocratização o CEO do grupo Votorantim, João Miranda; a economista e conselheira do movimento Livres, Elana Landau; a tributarista Ana Carolina Monguilod; o professor da Fundação Getulio Vargas (FGV) Carlos Alberto Silva; o professor do Ibmec/MG Adriano Gianturco; e o secretário da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo, Henrique Meirelles.


Fonte:
InfoMoney

Leia mais em:
https://www.infomoney.com.br/colunistas/um-brasil/excesso-de-burocracia-coibe-o-crescimento-do-pais/
Compartilhar:
Voltar para o Blog

Patrocinadores

Consulto
Teleo
CityMart
WebBiz
Emprego Simples
DJ Contabilidade
MTR Quality
Empreendedor TV
Editora 3
Sports Value
Café Caramello
High Performance Coaches
Rádio Empreender
Circuito das Feiras
Editora Alta Books

Fornecedores

iMalaDireta
TG Stands
Printi

Apoio

Destino SP
Visite SP São Paulo
Cidade de São Paulo

Mídia

Sympla
Eventbrite
App Ticket
Vamo App
Ingresso Live
Lets Events
Meu Ingresso
Tudo Ingreesso
Doity
Go Free Eventos
Central dos Eventos
Outgo
e-inscricao
POrtal Sua Franquia
Pense Grande - Fundação Telefonica
Portal Quem Fornece
Rede Brasil TV
Rádio Transamerica
ISTOÉ
ISTOÉ Dinheiro
Record TV
Circuito das Feiras
A MINDS É UM GRUPO DE MÍDIA E PUBLICIDADE, DESDE 1997 CRIA E DESENVOLVE MEIOS DE COMUNICAÇÃO E NEGÓCIOS INOVADORES
imaladireta.com
citymart.com.br
consulto.com.br
teleo.com.br
topspeakers.com.br
expoempreendedor.com.br
festivaldanoiva.com.br
meex.com.br
empregosimples.com.br
minds.com.br facebook.com/minds.com.br instagram.com/minds.com.br youtube.com/MindsBr WhatsApp
Central: (11) 4172.5266
WhatsApp: 9.7799.7208 | 9.8537.1007
Email: [email protected]
CNPJ: 11.442.325/0001-40